O QUE CAUSA ACNE?

Tempo de leitura: 4 minutos

O QUE CAUSA ACNE?

Você conhece alguém que tem cravos e espinhas no rosto? O nome disso é ACNE e é sobre isso que eu vou falar neste post!

O QUE CAUSA ACNE?

A ACNE é uma das doenças de pele mais comuns que existem, ela pode acontecer em pessoas de qualquer idade mas, é muito mais comum na adolescência.

 Mas afinal de contas o que é ACNE?

Na nossa pele existem glândulas sebáceas que são responsáveis por produzir um certo tipo de óleo, •••➤ O Sebo!

Esse sebo causa a lubrificação natural da nossa pele e dos nossos pelos. Nas pessoas com ACNE, as glândulas sebáceas apresentam dois tipos de problemas: elas produzem muita oleosidade e elas estão obstruídas pelos comedões, também conhecidos como cravos!

É por isso que lugares da nossa pele com mais oleosidade como a face, os ombros, às costas, têm mais propensão a desenvolver as espinhas.

 Se você costuma ter cravos e espinhas, a primeira informação que você deve saber responder é: Qual é a gravidade da sua ACNE?

Existe uma classificação da ACNE de acordo com o tipo de lesão, nos casos mais leves você vai apresentar aqueles pontinhos pretos que são os cravos ou comedões e também as espinhas comuns que são aquelas avermelhadas com a pontinha amarelada.

Nos casos mais graves a espinha é diferente, ela é formada por cistos ou nódulos contendo pus. Quanto maiores e mais inflamadas as espinhas, maiores são as chances delas causarem uma cicatriz no futuro.

Um segundo aspecto que eu quero destacar são os fatores associados às espinhas.

Você apresentou alguma alteração hormonal recentemente? Alguns hormônios do nosso corpo estimula as nossas glândulas sebáceas a produzirem mais sebo e isso como eu já falei facilita o surgimento das espinhas.

Existem alguns exemplos de situações em que esses hormônios estão aumentados, o exemplo mais comum é a puberdade e é justamente por isso que a adolescente tem mais espinhas.

Nas mulheres além da puberdade existem outras situações em que os hormônios estão alterados que podem levar ao aparecimento da ACNE, e nesse caso eu quero que você repare em alguns outros sintomas.

O ciclo menstrual muito alterado, infertilidade, ganho de peso principalmente na região da barriga e aparecimento de pelos no rosto. A principal doença com esses sintomas é a síndrome dos ovários policísticos mas, outras doenças hormonais também podem gerar esse tipo de sintomas.

Além dessas doenças, as outras duas situações de desbalanço hormonal que são comuns as mulheres também podem estar associados a ACNE, são elas: a gestação e uso de alguns métodos anticoncepcionais como o diu de progesterona.

 Quais medicações você está tomando?

Algumas medicações aumentam a incidência de ACNE, como os corticóides de uso oral, o lítio, os hormônios masculinos e até alguns complexos vitamínicos.

 Como está sua dieta?

Você acha que depois de comer algum tipo de alimento a sua ACNE piora? Alguns alimentos podem piorar as espinhas, como os alimentos muito ricos em proteína do leite, como os alimentos que aumentam muito rapidamente à glicose no sangue, exemplos são: as massas, os pães e os doces…

Como anda seu nível de estresse?

O estresse também pode piorar a acne. É fundamental o médico saber dessas informações para planejar o seu tratamento da melhor maneira possível.

 Você deve saber que a ACNE causa mais que dor e desconforto na pele, ela também pode interferir na sua autoestima e no relacionamento interpessoal, gerando forte impacto emocional.

Se você sofre com cravos e espinhas, preste muita atenção no que eu falei e procure um dermatologista se possível logo nos primeiros sinais da ACNE, pois, o tratamento precoce além de controlar melhor os sintomas também evita o aparecimento de cicatrizes que são bem mais complicadas de se tratar.

 Você sabia? Espremer espinhas faz mal mesmo?

 Sim!!! Quando escoriamos uma espinha, nós aumentamos a inflamação nas camadas mais profundas da pele, aumentamos a chance de uma infecção bacteriana no local e aumentamos a chance de uma cicatriz também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *